Quando você está cavalgando um cavalo morto....


Esta é uma metáfora antiga e aplicada a tempos para TI, nem lembro quando foi a primeira vez que eu ouvi sobre ela, mas posso dizer com certeza que já faz um bom tempo. Ela trata de uma antigo ditado de uma antiga tribo de Dakota nos Estados Unidos, que foi passada de geração em geração e que basicamente diz isso:

Quando você descobrir que está cavalgando um cavalo morto, a melhor estratégia é desmontá-lo"

Isso parece simples de se dizer, e lógico! Mas se adaptarmos para os dias de hoje e para o universo de TI, podemos ver que haverão outras estratégias que são utilizadas em reação ao cavalo morto, por exemplo:

-> Mudar o cavaleiro (quem está montando o cavalo) -> Exemplo: O Gerente de projetos, o Gerente de Serviços

-> Contratar uma empresa de serviços de TI -> Para montar o cavalo, claro….

-> Adicionar mais CPU -> move2cloud ` ͜ʖ´)

-> Criar um task force para reviver o cavalo (⊙.⊙)

-> Criar um comitê de crise para estudar o cavalo ¯(º_o)/¯

-> Criar sessões de treinamento para o time de TI melhorar seus skills de “montaria” -> Udemy Unlimited!

-> Visitar empresas do mesmo segmento para ver como elas fazem para cavalgar um cavalo morto -> Isso é coisa de empresa cool!

-> Ignorar o cavalo morto -> Que cavalo morto?, isso acontece de maneira geral na hora do café! ☕ ☕ ☕

-> Juntar muitos cavalos mortos, o máximo possível, para aumentar a velocidade -> Sempre existe na equipe aquele Black Lantern!, que insiste em ressucitar os mortos! E para quem não entendeu a referência, só ler Black Lantern Corps

É claro que você vai achar vários exemplos na internet do que é chamado “O problema do cavalo morto”, você vai encontrar várias adaptações direcionadas para governança de TI, frameworks de governança, outros para desenvolvimento de aplicativos e etc… e todos de maneira geral direcionam para o conceito de “Entrega de Valor”….

E em TI também você vai encontrar vários tipos de cavalos mortos por aí, desde projetos que estão em andamento durante muito tempo e que perderam o sua serventia dentro da empresa, ferramentas e produtos cujas dependências não suportam mais os requerimentos de negócio e ainda estão em vigência porque deus sabe lá, aumentando mais ainda a complexibilidade da TI. Você deve tomar cuidado com isso, e prestar muita atenção para não cair em situações e trabalhos que estejam desta maneira.

E concluindo: se não move, não respira, e não responde a uma paulada.. é porque tá morto mesmo! kkkk. Isto não é desistir, mas seguir em frente, e aceitar muitas vezes que não deu certo e lembrar que começar de novo é sempre mais legal!, ou seja, pelo amor de , arruma outro cavalo!

cya! 🎶🎶🎶

Última modificação': 9 August 2020